O valor de uma atitude! Uma questão de ótica.

Saudações meus amigos!

É, já fazia um tempinho que não escrevia um texto para compartilhar com vocês, porém estive em um combate organizado por um amigo e aconteceu uma situação curiosa que me fez refletir sobre como olhamos as atitudes em um combate de Airsoft.

Vejo muitos comentários pós combate de jogadores que contam seus “kills”, cara, na verdade não tenho

nada contra, mas posso te garantir que poucos se importam com isso, agora, seja pego em uma atitude

antidesportista, seja pego levando um “hit” e não se acusando para ver o que acontece, sua reputação vai para o espaço e recuperar a credibilidade, como tudo na vida, é muito difícil.

Então vamos aos fatos hehehe, estávamos em um combate cerrado e resolvi avançar junto a minha equipe em direção ao objetivo, dentro de uma ruína estava um de nossos adversários (Ronaldo Sea), ele estava em uma posição de vantagem e acertou alguns de meus amigos, até ai tudo normal, coisa de jogo.

Resolvi tentar surpreendê-lo e fui flanqueando até chegar a ruína, saquei minha secundária e no melhor estilo “Tropa de Elite” kkkkkkkkk fatiei e dei de cara com ele.

Você vai me perguntar, e daí? Qual a novidade?

A novidade foi o comportamento desse meu adversário, vendo que eu estava em nítida vantagem com minha arma em pronto uso e ele sem esperar o ataque teve a ombridade de levantar o braço e se acusar ferido sem eu mesmo puxar o gatilho de minha arma.

Sempre que entro em combate, dificilmente rendo alguém, muitos não encaram a rendição com bons olhos, se sentem menosprezados e apesar de eu acreditar que a rendição é uma “condição”, podendo ser aceita ou não, prefiro atirar em um local seguro para evitar assim maiores problemas, mas naquela situação, nem precisei.

Esse comportamento em meio a diversas reclamações das mais diversas sobre jogadores desleais, highlander, etc e tal, tive a honra de me deparar com um jogador de extrema qualidade e honra, o tipo de jogador que realmente vale a pena se confrontar.

Sua atitude fez a “rendição” ficar em segundo plano, digo isso, porque você estar em uma posição de vantagem, derrubando adversário atrás de adversário, ser surpreendido e vencer o orgulho se rendendo a um adversário melhor posicionado, para mim foi o ápice, me mostrou que o Airsoft tem jeito, que bons exemplos devem ser propagados e exaltados.

Sou um professor de formação acadêmica, e acredito que a educação direciona para o bom caminho.

Talvez não tenhamos jogadores tão ruins assim em nossos jogos, talvez tenhamos más referências propagando maus comportamentos.

Cara, não me importou quantos adversários abati, se cumpri ou não nossos objetivos, esse evento me deu a oportunidade de ver em prática aquilo tudo que acredito no Airsoft, que jogos excelentes, são feitos por jogadores excelentes.

Lembre-se sempre, uma atitude errada acarreta em uma série de eventos negativos dentro do combate, uma atitude antidesportista pode pôr a perder um evento inteiro, e por qual motivo? Promoção pessoal? Vaidade? Você só vai ser o “fodão” para você mesmo, porque para seus companheiros de combate você não passará de um jogador medíocre.

Agora fala aeh, já se deparou com uma atitude que te fez parar e pensar assim como eu? Uma atitude que te ensinou a ser um jogador melhor?

Conta para nós!!!!

Forte abraço a todos e nos vemos nos combates por ai!!!!!

Ricardo “Insano”

Posts Recentes
Posts Em Destaque

siga nas redes sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram