Chicken Wings

Saudações guerreiros!!!

O Airsoft vem crescendo de forma assustadora, observo que os operadores, mesmo que iniciem a prática em jogos descompromissados como o 4Fun tendem a uma evolução, o desejo de aproximar os combates de conflitos reais faz com que busquem técnicas de disparo, deslocamento e etc, hoje vou falar um pouquinho sobre “Chicken Wings”, ou “asa de frango”, você já ouviu falar ou de repente dispara seu rifle assim?

A chicken wings é uma posição de disparo utilizada a muitos anos atrás onde o cotovelo era mantido elevado fazendo com que o braço fique a 90 graus ou mais de ângulo em relação ao tronco.

A figura ao lado mostra a posição que na época era considerada “técnica de disparo”.

Outra curiosidade interessante de ser observada é a posição do tronco e pernas, as mesmas se apresentam lateralmente ao alvo.

Meu objetivo não é discutir o porquê e qual a eficiência da utilização dessa técnica de disparos em rifles “reais”, mas sim, o porquê hoje é tão controversa e criticada por grande parte dos operadores de Airsoft, alguns paralelos serão feitos a fim de ilustrar melhor o post.

Se formos avaliar qual a reação que o corpo sofre ao se efetuar um disparo de "AEG" nessa posição, posso dizer quase nenhuma. Sua maior dificuldade será suatentar essa posição por um longo período de tempo devido ao desgaste do ombro.

Quando falo em ação de disparo, me refiro ao ato de "puxar" o gatilho e a reação, seriam os efeitos provenientes dessa ação, como por exemplo a manutenção da estabilidade do corpo, a administração co recuo e etc.

Como estamos tratando de um disparo de AEG, não teríamos nenhum problema em efetuar um disparo nessa posição, você não precisará administrar o recuo, com a ausência do recuo seu corpo continuará estável, ficando a precisão vinculada a avaliação de condições climáticas que possam interferir na trajetória da BB como o vento, a distância que o alvo se encontra, a potência de sua AEG e um bom conjunto de peças relacionadas a precisão, como o cano de precisão e o hopup, porém hehehe, sempre existe um “porém”, avaliando alguns detalhes, essa posição poderá comprometer sua efetividade em um combate de “AIRSOFT” (não deixe de ler o post sobre efetividade).

No Airsoft devemos nos preocupar em diminuir nossa “silhueta”, o que significa diminuir a área de exposição do seu corpo minimizando o risco de ser alvejado. Na chicken wing apesar do corpo posicionado lateralmente afinar silhueta, a distância entre o cotovelo levantado e o ombro exposto é muito grande, o que ofereceria maior área de acerto ao seu oponente.

Outro impedimento na utilização da chicken wings é observado se analisarmos o tempo necessário para que o operador inicie um deslocamento, se for um deslocamento frontal, você terá que executar uma rotação do tronco e pernas, deverá tomar cuidado para não cruzá-las, evitando tropeços, o que demandará segundos preciosos.

Atualmente a técnica mais indicada para disparos, progressões e etc, é a observada na figura 2, o operador deverá manter os cotovelos “colados” ao tronco, o corpo deve estar levemente carpado diminuindo assim a silhueta, recomenda-se que a abertura dos pés não ultrapassem a largura dos ombros e a ponta dos pés deverão estar sempre direcionados para frente. Nessa técnica, quando for necessário um deslocamento lateral, uma perna nunca deverá cruzar a outra. O cano da seu arma será o prolongamento do seu nariz, para onde o nariz se direcionar a ponta da sua arma também vai, isso lhe trará a possibilidade de reações mais instintivas e imediatas. Outro cuidado que deve ser tomado é o de nunca tirar a mão do gatilho da arma, a não ser para utilizar sua arma secundária ou backup, qualquer outra ação como apontar uma direção ou acionar o ptt do seu rádio deverá ser feito com a outra mão.

Uma curiosidade que abre um paralelo entre o Airsoft e uma situação real de combate sobre o uso dessa técnica, em uma situação real, os operadores são orientados a encarar a ameaça de “frente” pois a placa balísta tem função de proteger os órgão vitais como artérias, o coração e etc, encontrados na caixa torácica, enquanto, se o operador estiver posicionado lateralmente, o projétil poderá encontrar a única área do tronco que o colete não oferece proteção.

No Airsoft não temos que nos preocupar com um projétil atingindo a lateral do corpo, até mesmo porque se a BB atingir qualquer área do corpo, independentemente de estar protegida por colete ou não, você será eliminado ou estará “ferido crítico” no caso do S.A.R, porém, a técnica aumenta a estabilidade do corpo e a precisão do disparo, também proporciona liberdade para ações rápidas, como: ajoelhar, deitar, correr, sacar a arma backup e etc, sem tirar o foco da ameaça.

As técnicas são desenvolvidas com o objetivo de melhorar o desempenho para diversos tipos de situações e o treinamento é importantíssimo quando se almeja alcançar resultados melhores em seus combates.

Todo combate nos ensina lições, erramos, acertamos, eliminamos oponentes e somos eliminados, o mais importante é termos a perspicácia de adaptarmos nosso treinamento para essas lições e assim nos tornarmos operadores cada dia mais técnicos e melhores.

Curtam nossos canais!

www.facebook.com/AirsoftInsano

www.youtube.com/airsoftinsano

Um forte abraço e nos vemos nos combates por ai!

Ricardo "Insano"

Posts Recentes
Posts Em Destaque

siga nas redes sociais

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram